Dicas 17/01/2017

5 motivos para fazer uma avaliação comportamental


Plano A – Gestão de Pessoas
5 motivos para fazer uma avaliação comportamental

Personalidade é tão importante quanto habilidade técnica
Embora o comportamento seja apontado como algo essencial no trabalho, a maior parte das empresas dedica pouco (ou nenhum) tempo a entender como cada profissional reage a determinadas situações. Listamos a seguir uma série de benefícios que a avaliação comportamental traz às pessoas e às empresas.

1. Maioria das demissões estão relacionadas a conduta
“As pessoas são contratadas por suas habilidades técnicas, mas demitidas pelos seus comportamentos.” É provável que você já tenha ouvido esta frase do professor Peter Drucker, considerado o pai da Administração Moderna. Pesquisas indicam que essa tem sido a realidade da maior parte das empresas brasileiras. Na hora de contratar, o foco está no currículo. No entanto, explosões de raiva, falta de comprometimento, desrespeito, fofocas, atrasos e faltas, uso abusivo da Internet e do telefone costumam estar entre as principais causas das demissões.

2. Habilidades técnicas podem ser aprimoradas com mais facilidade
É tão fundamental que o colaborador tenha as habilidades técnicas necessárias para sua função quanto as características comportamentais desejadas na empresa. Mas lembre-se que, em geral, as habilidades técnicas podem ser aprimoradas (com treinamentos e cursos, por exemplo), enquanto o comportamento de alguém é sempre mais difícil de mudar.

b> 3. Quando o perfil casa com a vaga há melhores resultados
Você já se perguntou por que algumas pessoas pareciam ideais para determinadas vagas, mas não deram certo? Muitas vezes apoiamos nossas decisões em um histórico profissional extenso, nos cursos assistidos ou nos idiomas falados. Não avaliamos o perfil comportamental e, pior ainda, raramente o incluímos no desenho do cargo. Algumas ferramentas, como a que o plano A oferece, cruzam os dados do candidato e da vaga de forma automática. E todos sabemos que quanto mais eles coincidam, melhores serão os resultados.

4. Conhecer seu capital humano aumenta a possibilidade de desenvolver equipes e profissionais
Não é apenas na hora da contratação que o perfil comportamental deve ser levado em conta. Quando se conhece o comportamento do profissional no dia a dia, crescem as possibilidades de desenvolvê-lo. Ele tem perfil para liderar? Pode ser realocado? Saberá lidar com pressões? É capaz de assumir um projeto que exige muita atenção aos detalhes? Uma avaliação bem feita pode trazer todas essas respostas.

5. Conflitos internos são melhor gerenciados quando conhecemos o perfil dos envolvidos
Conhecer bem as pessoas também é uma vantagem nos momentos de conflito. As pessoas reagem de forma diferente a atrasos, críticas, pressão, pedidos de última hora, mudanças, etc. Saber identificar e entender essas diferenças pode ser muito útil na mediação de conflitos entre os colaboradores.

:: VER TODAS NOTÍCIAS ::

 

 

ESPAÇO CRESCERH - João Monlevade | ESPAÇO CRESCERH - Belo Horizonte

 

Av. Wilson Alvarenga, 1092, Sala 301 - Carneirinhos, 35930-001 Joao Monlevade MG Brasil
Tel.:(31) 3851-3676   |  9 8808-0060   |   9 8717-0060

 

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados